menu x
menu x

“Mas e se eu falhar?!”

  • 27 de abril de 2019

“Mas e se eu falhar?!”

 

E se você viver sem tentar?

 

Essa é a pergunta certa a se fazer.

 

Só existe um jeito de não errar: não fazendo

 

Só existe um jeito de não errar: não fazendo. E não fazer o que precisa ser feito pode levar a consequências ainda mais indesejadas que o erro em si.

 

No fundo, não é exatamente o medo de errar que te trava, mas sim o receio das consequências deste erro. E neste caso, uma questão que pode ser levantada é: “quais consequências devem ser evitadas / mitigadas?”. “Mitigar” é a palavra-chave aqui, porque não há como garantir que um erro será evitado, especialmente considerando que existem interferências externas (que podem ou não prejudicar o resultado desejado), e que nada se pode fazer em relação à esmagadora maioria delas. Afinal, o controle é só uma ilusão.

 

 

‘Controle’ é só uma ilusão, e ‘erro’ é apenas uma tentativa que não gerou o resultado esperado

 

 

O fato é: ‘erro’ é apenas uma tentativa que não gerou o resultado esperado. E fatos não podem ser alteados. No entanto, o que está sob o seu controle e pode sim ser manejado é a perspectiva que você escolhe adotar, ou seja, como decide encarar este fato. Se você for uma pessoa extremamente perfeccionista ou que teme demasiadamente o julgamento de terceiros, provavelmente vai fugir do erro como rato foge do gato. Mas saiba que, independentemente do que você ou outros pensam sobre sua pessoa, o erro traz uma informação muito valiosa que até então você não tinha: o que você julgava saber e ser suficiente para avançar, não foi. E só a partir disso você pode analisar, ajustar e evoluir. Entenda: erro não é gatilho para julgamentos, mas sim um eficiente atalho para o acerto.

 

 

‘Erro’ não é gatilho para julgamentos, mas sim um eficiente atalho para o acerto

 

 

“Então eu preciso errar para acertar?” Não é uma regra, mas um caminho bastante ágil.

 

“Então posso errar desenfreadamente para acertar mais rápido?” Não! O objetivo é avançar de forma inteligente, não imprudente.

 

A fórmula do Avanço pelo erro pode ser resumida da seguinte forma:

  • Mapear as consequências mais críticas (aquelas que te tiram do jogo) e escolher o tamanho do erro que está disposto a tomar (o erro potencial tem que ser menor que ganho potencial
  • Errar rápido
  • Errar pequeno
  • Errar barato

 

Pronto!

 

Com esse Mindset, você passa não só a ser mais eficiente em caminhos incertos e em ambientes complexos, mas também diminui o stress, a ansiedade e a autopenitência.

 

Qual erro você está disposto a incorrer hoje, para garantir o sucesso amanhã?

  • 27 de abril de 2019

Divertir-se Faz Parte da Jornada

Divertir-se Faz Parte da Jornada   "Em caso de despressurização, máscaras cairão automaticamente. Coloque-as sobre o seu nariz .. e…
CONTINUE READING

Seu Novo Bullet Journal

Seu Novo Bullet Journal   Nesse artigo eu trago 4 passos para você ser mais produtivo com seu caderno de…
CONTINUE READING